sexta-feira, 23 de Agosto de 2013

Como tomar Vitamina D em gotas

A equipa médica da Clinica Drª Cristina Sales, responsável pela aplicação do protocolo da Terapêutica da Vitamina D, do Dr. Cícero Coimbra, na Esclerose Múltipla e outras doenças auto-imunes, alerta para o facto de haver alguma discrepância entre a contagem de gotas de “Vigantol” e o uso de colher - medida ou outro tipo de conta-gotas.

 O “Vigantol” é um produto oleoso, e em doentes que tomam altas doses de Vitamina D a contagem de gotas pode ser demorada. A correspondência da dose total em gotas pode ser calculada em mililitros, sendo neste caso 30 gotas igual a 1 mililitro, mas apenas usando o conta-gotas do frasco de “Vigantol”. Se usar outro conta-gotas ou uma colher de medida de outro produto qualquer, não adaptados à viscosidade do produto, para facilitar e acelerar a contagem, pode a dose de vitamina D, não ser exactamente a mesma. O uso de seringa, em que 1 ml é exactamente igual a 30 gotas, é uma forma correcta e útil quando o doente faz doses elevadas, mas exige uma certa destreza de mãos.

Assim sendo, aconselhámos, para otimizar o tratamento, usar o método de contagem de gotas, com calma, conforme o médico prescreveu, colocando o frasco de ”Vigantol” invertido, com uma inclinação de 45º, diretamente para uma colher e logo de seguida engolir o medicamento. O frasco não deve ser agitado para acelerar o processo. Deve ter em consideração que 1 gota de Vigantol são 667 UI.

Filomena Viera

Sem comentários:

Enviar um comentário